Carrego o Teu Coração Comigo


Carrego o teu coração comigo
Carrego-o no meu coração
Nunca estou sem ele
Onde eu vou, tu vais
E o que é feito por mim, és tu que fazes
Não receio nenhum destino
Tu és o meu destino
Eu não quero outro mundo
Tu és o meu mundo, a minha verdade
Tu és o significado da Lua
Onde quer que o Sol brilhe, tu és o seu canto

Aqui está o segredo mais profundo que ninguém sabe
Aqui está a raiz da raiz e o botão do botão
E o céu do céu de uma árvore chamada vida
A qual cresce mais alto
Do que a alma espera ou a mente esconde
Este é o milagre que mantém as estrelas separadas
Carrego o teu coração comigo
Carrego-o no meu coração

E.E. Cummings

6 comentários:

Rogério Pereira disse...

"Este é o milagre que mantém as estrelas separadas"

É tão bonito...

Gizelda disse...

Acho que esse texto integral poderia se chamar AMOR !

Saudades de estar aqui, desse aconchego.

beijos, querida Helga.

AC disse...

Grande escolha, Helga, o poema é maravilhoso!

Beijo :)

Atena disse...

Excelente definição... carregamos o coração dos nossos filhos, sim! É assim que sinto também, amiga Helga.
Lindo poema.
Beijinho grande

Alda disse...

Lindo...

Resto de dia feliz! beijinhos

Eva Gonçalves disse...

Muito bonito. :)