Chuva


Chuva, caindo tão mansa
Na paisagem do momento
Trazes mais esta lembrança
De profundo isolamento

Chuva, caindo em silêncio
Na tarde, sem claridade
A meu sonhar d'hoje, vence-o
Uma infinita saudade

Chuva, caindo tão mansa
Em branda serenidade
Hoje minh'alma descansa.
— Que perfeita intimidade!

Francisco Bugalho

4 comentários:

Rogério Pereira disse...

Chuva, caindo mansa
Céu denso, trovoada
Relampagos na alma
Deixanndo-a iluminada

Fê-blue bird disse...

Amiga:
Adoro os dias de chuva em que posso estar no aconchego do lar.
A imagem é tão bonita :)

beijinhos

Brown Eyes disse...

Adoro o som da chuva, relaxa-me. Beijinhos

Eliete disse...

Helga, aqui está chovendo mansamente.Gosto muito mas não por muito tempo. bjs