Paixão (para a Fábrica de Letras)


Tenho paixão pelo mar
Pelo toque da areia dourada 
Pelo cheiro da brisa marinha
Pelo voo livre das gaivotas

Tenho paixão pelo campo e pelas flores
Pelo entardecer fogoso sobre uma seara de trigo
Pela sombra fresca de uma oliveira
Pelo beleza única de um céu estrelado

Tenho paixão pelas crianças
Pela ternura contagiante do seu riso
Pelo carinho das suas mãozinhas pequenas e macias
Pela inocência do seu olhar cheio de esperança

Tenho paixão pelos animais
Pelo seu coração puro e honesta compaixão
Pela sua absoluta beleza e lealdade

Tenho paixão pela música
Pelas teclas de um piano
Pelas cordas de uma guitarra

Tenho paixão pelos livros
Pelas palavras, pelos poemas
Pelas memórias que guardei
Pelas histórias que inventei

Tenho paixão por uma tarde de chuva
Por uma manhã de sol e pela brisa do vento
Pelo cheiro do café e da terra molhada
Pelas bolas de sabão e pelas cores do arco-íris

Tenho paixão pela vida
E tenho paixão por ti
Pelo teu olhar que me contempla
Pela tua boca que me beija
Pelo teu abraço que me enlaça

(Helga)

No âmbito do desafio de Maio para a Fábrica de Letras 'Paixão'

32 comentários:

António disse...

O estar apaixonada é pelo menos uma parte da felicidade...
Beijinhos
António

Tulipa disse...

Muito bonito Helga. Que bom é estar apaixonada pela vida! kiss

maria teresa disse...

Como soube colocar em poema todas as coisas que fazem com que a nossa Vida se torne mais bela...
"Interessante" só ter lido o seu post após ter respondido ao seu comentário...
Abracinho

luisa disse...

Paixão pela vida, claro... é ela a mãe de todas as paixões.

Muito bonito, o teu poema.

Gingerbread Girl disse...

E ser feliz é ser assim.

*

Fê-blue bird disse...

Paixões perfeitas, que nos fazem viver apaixonadamente.
Parabéns por ser assim, apaixonada.
Um beijinho

Carlos Albuquerque disse...

Tratar a vida em poesia, como nesta "Paixão" se faz, apaixona-me. A poesia seduz-me, mas falta-me o dom para a escrever. Dom que encontro aqui tão bem revelado.
A Fábrica de Letras, de que também sou operário, saiu enriquecida com esta participação.
Parabéns.
Abraço

MZ disse...

Ter esta 'Paixão' pela VIDA, é saber estar atenta aos melhores momentos que ela nos pode dar.

Um exemplo da 'Paixão' no plural.

beijinhos

Ana Cristina Cattete Quevedo disse...

Lindo, Helga.
Na medida certa, na sintonia perfeita.

Sinhã disse...

temos helguesia. :-)

Poetic GIRL disse...

Paixão pela vida, sempre! estou de volta! beijocas

Eliete disse...

Helga quem escreve assim é porque é apaixonada pela vida e por todas as riquezas que ela nos oferece. Que belos olhos e lindo coração,bjs, Eliete

johnny disse...

Poucos têm essa paixão. Se ela existe mesmo, ainda bem.

Rogério Pereira disse...

Abençoado(a)
aquele(a)
que depois de todas estas paixões, mantém um profundo,
terno
e manso amor
transversal a todas elas
sem excepção nem deserções
(ah como as paixões são efémeras...)

caminhante disse...

esse é o verdadeiro segredo, o caminho certo: ser-se apaixonado pela vida...

beijinho

Patty disse...

Lindo!
Bjocas
Patty

curvasdapalavra disse...

Uma paixão completa, que não direciona sua atenção
apenas para o ser amado, mas tem a capacidade de perceber
o todo; por isso consegue desfrutar toda plenitude que há
em viver esse sentimento.

Lindo texto.
Bela reflexão.

Beijos.
Ricardo.

Lala disse...

Ó Helga... está Magnífico!
A Paixão pelas coisas boas da vida é assim... simples... e tu (como sempre) descreveste-a tão bem! Adoro a tua escrita e este poema apaixonou-me!
Obrigada por este bocadinho!

Beijinhos**

Ava disse...

Amiga, Está fantástico esta tua paixão! Conseguiste expressa-la tão bem por palavras, Parabéns Helga.

Um beiJJJJJo com cheiro a sonho, Ava.

Jr Vilanova disse...

"Quando eu morrer voltarei para buscar os instantes que não vivi junto do mar"... é mais ou menos isso que diz a poesia... o mar também é uma grande paixão, amigos, família, música, sensibilidade, amor... viver me encanta e me apaixonar me traz ainda mais saúde pra continuar.

Um beijo e nos vemos amanhã no 'Contatos', ok? Surpresas!
Jr

Helga disse...

Muito obrigada a todos pelos vossos comentários.

Para mim, escrever é igualmente uma paixão e acredito que de alguma forma, todos nós amamos a vida e as coisas belas que ela nos oferece, mas ás vezes nem nos apercebemos que amamos as coisas, porque andamos tão mergulhados nas contrariedades da vida, que nem reparamos no quanto é belo o que nos rodeia.

Amo muitas coisas, muitas mesmo. Umas mais que outras e outras mais ainda. Nelas encontro os meus momentos de felicidade. Uma felicidade que é grande, mas que não é constante, pois é impossível ser, mas que quando acontece, é autêntica e sabe tão bem sentir.

Como diria o querido Raul Solnado... 'façam favor de ser felizes'. Amem a vida e acima de tudo, vivam com paixão!

Um beijinho :)

Teresa disse...

Olha, sem te ter lido ainda, falámos sobre isto no meu blogue: temos muitas paixões na nossa vida, umas são mais positivas, outras mais negativas.
Muito bonito.
Bjs

Helga disse...

Teresas, é mesmo, são tantas as paixões e conforme já falámos também, têm tantas formas de se manifestar e de as vivermos. Apenas algumas são mais intensas, outras nem tanto...

Beijinho :)

Olga disse...

Muitas paixões que eu compartilho, um poema lindissimo, uma participação FABULOSA. Adorei! Beijinhos grandes.

Pedrasnuas disse...

É A PAIXÃO EM GRANDE...BELO POEMA ...DIGNO DE SE LER!!!

JINHO

Helga disse...

Olga, muito obrigada! São afinal as coisas simples da vida, as mais apaixonantes.

Um beijinho :)

Helga disse...

Pedrasnuas, é a paixão em grande... absolutamente! Obrigada!

Beijinho :)

Catsone disse...

Muito bonito este teu poema; é tão bom ter tantos motivos para estar apaixonado.
Gostei imenso.
;)
Bom fim-de-semana.

...uma nota... disse...

Esta perfeito Helga.

Helga disse...

Catsone, muito obrigada! Há tanta coisa que nos apaixona e ás vezes nem reparamos nelas.

Um beijinho:
Gostei de te rever por aqui.

Helga disse...

...uma nota..., obrigada!

Um beijinho :)

Ronilson disse...

...Uma tarde de chuva .
Também acho maravilhosa as tardes chuvosas, sinto saudade de algo que não sei definir ou não tem definição !
Bjo