Julgamento de Valores


Um casal mudou-se para um novo bairro. Na manhã do dia seguinte, enquanto tomavam o café da manhã, a mulher olhou pela janela e viu a sua vizinha a estender a roupa. Imediatamente ela comentou com o marido: “As roupas não estão limpas, os nossos vizinhos não sabem lavar a roupa, quem sabe eles não precisam de um sabão melhor.”
Durante um mês eles comentaram sobre as roupas sujas dos vizinhos. Até que um dia a mulher olhou pela janela e viu a sua vizinha estender as roupas impecavelmente limpas.
Então ela disse ao marido: “Os nossos vizinhos finalmente aprenderam a lavar a roupa, vê como estão limpas! Quem será que os ensinou?”
O marido respondeu: “Minha querida, na verdade fui eu que acordei mais cedo hoje e limpei a nossa janela.”
Assim é a vida: Aquilo que vemos quando olhamos os outros depende de quão limpas estejam as janelas através das quais olhamos. Antes de criticar e procurar algo nos outros para julgar, quem sabe não seja melhor perguntar se não estamos prontos para um novo olhar.

Roubado do FACEBOOK. Desconheço o autor.

3 comentários:

Rogerio G. V. Pereira disse...

há que falar
dos que deviam
lavar o olhar

Helga Piçarra disse...

Também... mas aí não seríamos nós a julgar, o que faria de nós também julgadores...

:)

susana lopes disse...

Adorei! Infelizmente, é mais fácil olhar para o outro que olhar ao espelho. O espelho pode-nos mostrar algo, susceptível de nos assustar.

Beijinho!