A Casa da Assenta


A casa da Assenta é um lugar encantado. Um mistério arrancado das páginas de um romance enigmático e inspirador. Aqui tudo é paz e serenidade. Até o mar bravio que fustiga a extensa falésia com a sua revolta, nos tranquiliza e acalma o espírito com a fúria da sua melodiosa imponência. O sopro do vento traz até nós um cheiro de vida e de sal. Uma brisa marinha que se dissolve suavemente, devolvendo no eco do seu silêncio, a essência de todos os seus mistérios à imensidão do mar. Sólida e plantada no topo das rochas, como se de rochas fosse feita, a casa da Assenta é hospitaleira e acolhedora como um terno abraço. Nostálgica como uma tarde de Inverno e solarenga como uma manhã de Verão.
Aqui o medo é levado pela espuma da maré e as dúvidas pelo sabor do vento. Aqui os dias passam devagar e as noites são como um bálsamo que nos acaricia a alma. Aqui a saudade só é grande na hora de ir embora, quando percorremos a sinuosa estrada de terra batida e vemos as suas paredes caiadas de branco fundirem-se no horizonte, como as asas de uma gaivota, cujo voo nos acompanha até perdermos o velho casario de vista, e sentimos imediatamente vontade de voltar, porque a casa da Assenta é um lugar encantado, onde tudo é paz e serenidade. Um lugar onde nos desejamos encontrar apenas para nos voltarmos a perder na calmaria dos seus segredos e nos deixarmos conquistar pelos seus aromas exóticos e apaziguadores.


Helga, in Lugares Imaginados

4 comentários:

Daniel C.da Silva (Lobinho) disse...

O texto está bem escrito, suave... fez-me lembrar pelo que ia dizendo, de um filme muito antigo "O jardim dos segredos"...

beijo amigo... e muita suavidade

luisa disse...

Que lugar lindo... Tens outros lugares destes para nos mostrar? :)

maria teresa disse...

Que bem que me senti aqui! Viajei até à "casa de Assenta" e senti a paz e a harmonia que por lá reinam...

Abracinho meu!

Fê blue bird disse...

Minha amiga, peço-te desculpa por só agora te vir visitar, andei ausente talvez porque não encontrei um lugar mágico assim.
Tinha tantas saudades da suavidade da tua escrita.

beijinho com amizade