Doce Prazer

A propósito do Festival Internacional de Chocolate de Óbidos, de 4 a 14 de Março.

 

Chocolate... hum, esse pequeno grande prazer!
Pecado entre os pecados
Doce entre os doces
Analgésico de amores e dissabores
Oferta sofisticada
Simples ou embriagada
Amante perfeito
Companhia sem defeito
Delícia negra, branca tentação
Chocolate... hum, esse divino e supremo prazer!
Helga

13 comentários:

...uma nota... disse...

Helga, adoro a forma como escreves. Perfeiçao onde tuda parece tão simples.

Uma verdadeira tentação, este ano não poderei ir até lá.

Beijinho

Helga disse...

Obrigada ...uma nota... :)
Este ano tens desculpa. Tens outras verdadeiras tentações para desfrutar. Aproveita!

Beijinhos

Olga disse...

Helga! Helga! Não voltes a falar de chocolate desta forma tão poética, ainda bem que não tenho chocolates aqui em casa... Agora a sério está perfeito o teu poema e a imagem que escolhes-te é maravilhosa. Gostei muito, como de tudo o que escreves. Beijinhos.

Helga disse...

Olga! Existe prazer mais doce do que este? É o meu maior pecado! Ainda bem que gostaste... de tudo!
Beijinhos :)

Lara disse...

Oh Helga isso ainda é mais longe que o Intermarché da zona. Mas achas que anda lá o filho do Ambrósio? É que assim matava dois coelhos com uma só cajadada...Estou tão só.

Agora a sério... Tu alguma vez escreveste um livro? Tens muita alma para a coisa!

Quanto ao chocolate, só me irrita quando vou lá e está tanta gente que não dá para andar... Mas gasto fortunas lá.

Beijicas

Helga disse...

Lara, tenho a certeza que haverá muitos filhos de Ambrósios, Manueis, Joaquims, à espera de uma oportunidade. Quando menos esperares, eles vão aparecer. Além disso nunca estamos completamente sós.

Quanto ao livro, tenho muita coisa escrita, rabiscos, histórias inacabadas, reflexões, poesias mal acabadas, etc. Mas sou muito insegura. Timidamente vou colocando algumas aqui e improvisando outras. Obrigada por gostares.

Em relação a este tipo de eventos, realmente o menos agradável é de facto a afluência de gente. Muitas vezes acabamos por não desfrutar como queríamos. Mas vale sempre a pena, nem que seja pelo passeio.

Beijinhos :)

Patty disse...

Não fales de chocolate, é a minha perdição.
Num pequeno poema conseguiste dizer tudo sobre o chocolate.
parabéns.
bjocas
patty

Alda disse...

Olá Helga,
Como adoras chocolate tinhas que lhe prestar uma homenagem...parabéns pelo teu poema!

E eu, aqui ao lado do festival de chocolate, mas não me apanham lá... gosto de chocolate, mas resisto bem, e depois andar lá às cotoveladas nem pensar... mas é realmente fantástico o festival!

Beijinhos

Poetic GIRL disse...

Já te confessei que sou uma gulosa por chocolate? hmmm só de pensar... bjs

MZ disse...

Sou viciada... negro de preferÊncia!

beijinhos

Helga disse...

Patty, obrigada! Beijinhos :)

Alda, eu mesmo aí ao lado não sei se conseguia resistir. Até agora resisti apenas pelo mau tempo, mas ainda não perdi a esperança. Adoro chocolate!

Bela, acabaste de confessar! bem vinda ao clube! Eu sou apaixonada!
Beijinhos :)

MZ... negro, branco, doce, amargo, com licor, com amêndoas, com menta... enfim... é um vício de qualquer maneira!
Beijinhos :)

Brown Eyes disse...

Helga isto por aqui tem melhorado a olhos vistos. Os teus trabalhos não têm manchas, são perfeitos.
Quanto ao chocolate vicia, sabias não? Pois é. Posso estar muito tempo sem comer mas se toco nele....

Helga disse...

Se sabia? Sou viciada :) Adoro! E obrigada por teres gostado também.

Beijinhos :)