e-mails...

Dos e-mails recebidos hoje, destaco este:
 
 

Embora bastante explícita, nem todos os que governam o mundo 
entendem estas  mensagens...

22 comentários:

Catsone disse...

Helga, não são só os governantes mas também as pessoas comuns. Por exemplo, tenho um amigo que não faz reciclagem porque diz que estaria a "trabalhar" para outros ganharem dinheiro; diz que o vidro, papelão e plástico custa dinheiro e que não vai entregar para que alguém ganhe dinheiro com isso, no entanto, também não faz ele mesmo o tt dos lixos. Chega a ser estúpido, não achas?

...uma nota... disse...

Hoje em dia as pessoas vivem em função de si mesmas, chegando ao ponto de não olharem para o lado. Se é egoismo de facto não sei, mas que as pessoas se tornam estupidas, isso tornam.

Um beijo.

Helga disse...

Catsone, por acaso a frase abaixo das imagens faz parte do e-mail, não foi escrita por mim, mas concordo em pleno com a mesma. Infelizmente o pensamento do teu amigo, é ainda o pensamento de muita gente. Se todos fizermos a nossa parte, por muito pequena e insignificante que possa parecer, talvez os netos dos nossos filhos, ainda possam ver a cor do céu sem ser através de um documentário qualquer.

Bjs :)

Helga disse...

...uma nota..., a maioria pensa no 'hoje'. Amanhã logo se vê. É o lema do deixa andar. Desde que tenhamos todas as comodidades, o resto não importa. Eu contra mim falo, pois contribuo diariamente com um pouco do monóxido de carbono do meu carro, mas ajudo no resto, na reciclagem e na poupança de água e de energia. Será suficiente? Provavelmente não...

Bjs :)

Teresa disse...

Eu acho que toda a gente entende a mensagem, se parar um pouco para pensar. Só que pensar dá uma trabalheira! E ainda corremos o risco de perceber que temos de mudar hábitos!
Bjs

Lala disse...

Infelizmente, não. Provavelmente hão-de pensar que são "obras de arte"! Cá em casa já nem sabemos tratar o lixo de outra forma! reciclagem é a palavra de ordem.
É cada vez mais triste olharmos à nossa volta e vermos o mundo numa lixeira. Incomoda-me a ideia de saber que é necessário o ser humano perder para perceber que tem de agir. A reciclagem é o básico, muito básico mesmo, mas se todos fizéssemos, evitar as agressões ao meio ambiente seria mais fácil.
Falando de Portugal em concreto, nunca consegui perceber qual é a aversão das pessoas relativamente às incineradoras. Uma forma de tratamento de lixos não poluente e benéfica para o ambiente... não entendo. Também não entendo qual é a dificuldade de separar os lixos em casa. Lixo reciclável não suja, portanto, mesmo que não tenham ecopontos mesmo à porta, até no carro levam... Nos países mais desenvolvidos já se faz reciclagem há mais de 30 anos... bons exemplos disso são a Holanda e a Alemanha... Na Alemanha inclusivé, os cidadãos pagam multa se não reciclarem. Lembro-me que cada dia da semana passava um camião à portas das casas para recolher o contentor daquele dia... É uma questão de educação, neste caso, por parte do governo... já que as pessoas não o querem fazer por iniciativa própria!
Mais uma vez, tratam-se de verdadeiros atentados contra a natureza... aquela que nos dá tudo, mas que um dia, sem que menos esperemos, também nos pode tirar!!!
Belo alerta!!
Beijinho**

Alda disse...

Neste Mundo está tudo incontrolável... e a natureza está a provar isso!
Eu também tento poupar em tudo o que posso, para preservar a natureza!
Beijinhos:)

Ava Santos disse...

É uma tarefa que todos devíamos estar juntos, pois estamos a estragar, a contaminar algo que não nos pertence. E apesar de os que governam o mundo acreditarem que são donos do mundo, no fundo não são donos de nada, que não seja a própria ganancia e egoísmo.
Felizmente vivo num concelho alentejano que tem criado algumas medidas importantes e por-las a disposição da população para a reciclagem e aproveitamento dos recursos naturais. É uma decisão de louvar e apoiar. Agora, o difícil é mudar a mentalidade das pessoas e retira-las dos seus "casulos" da suas existências e ver que a vida é mais que a novela das nove e do jogo de futebol de domingo.

Helga, gostei muito do teu blog. Como sempre continuas com aquele bom gosto que sempre te caracterizou e que faz parte de ti.
Vou ser uma fiel seguidora.

Beijocas, Ava.

Helga disse...

Teresa, eu também acho que eles entendem. Aliás, entendem bem demais, daí não fazerem nada. Imagina se os carros fossem movidos a bio-combustível, os combustíveis fósseis deixariam da dar o lucro que dão e era uma chatice.
Beijinhos :)

Lala, sim, é importante todos fazermos a nossa parte. O problema das massas e do pensamento colectivo acerca de uma coisa que se desconhece, é sobretudo a influência de quem acha que sabe ou de quem tem interesse económico por detrás de alguma coisa. O outro dia em conversa com um amigo, ele disse-me que na Inglaterra é exactamente como te referes à Alemanha. As pessoas estão sensibilizadas para o problema e deixam o lixo separado à porta e o camião recolhe, mas aqui dá muito trabalho levá-lo até ao contentor. Ainda pensamos pequeno e a curto prazo, infelizmente.
Beijinhos, já tinha saudades tuas por aqui :)

Alda, a Natureza tem-nos dado avisos que tendemos em ignorar. Não sei quantas mais oportunidades teremos para lhes dar a devida atenção. Eu também faço o que posso, pelo menos gosto de pensar que ajuda.
Beijinhos :)

Ava, sê muito bem-vinda! Tu tens essa sorte, de viver num concelho que acordou para os problemas do ambiente. Existem muitos que já o fizeram, como Oeiras por exemplo, mas a falta de sensibilização das pessoas continua a existir, talvez não fosse nada má ideia, nos intervalos (intermináveis diga-se de passagem) das novelas e do futebol ao Domingo, passarem mais anúncios de campanhas de sensibilização, do que a créditos bancários que só endividam o povo.
Beijinhos e aparece sempre e quando quiseres :)

Tulipa disse...

Olá Helga! Infelizmente anda muita gente distraída...bastava que todos fizéssemos a nossa parte e o mundo ficaria um lugar melhor! Kisses

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Os que governam o mundo sóentendem as mensagens dos cifrões. Para eles, estas mensagens são indecifráveis, porque a realidade é uma coisa que não apreciam.
Obrigado pela visita ao meu Rochedo

Helga disse...

Sim, Tulipa. Mesmo que não fosse suficiente, já era o bastante.
Kisses :)

Carlos, os governantes esquecem-se que têm apenas imunidade politica. Quando o planeta se revoltar de vez contra os insultos e o desrespeito de que é alvo, não há imunidade ou estatuto que os salve. Gostei muito do seu 'Rochedo', espero lá voltar de novo. Quanto ao Carlos, apareça sempre que quiser por aqui.
Beijinhos :)

Poetic GIRL disse...

Eles sabem, só que é muito melhor fingir que não se sabe. E o povo que faça a separação, muitas vezes sem a formação adequada... gostava de saber que tipo de medidas eles tomam em casa para preservar o ambiente. Provavelmente são os primeiros a não o fazer.... bjs

Helga disse...

Bela, muito provavelmente não fazem mesmo nada! Mas fica sempre bem dizer que sim.

Beijinhos :)

Patty disse...

Acho que muita gente anda de olhos fechados, dá muito trabalho tratar do nosso planeta. Nós cá em casa fazemos a reciclagem, não mandamos papeis para o chão, etc, e educamos a nossa filha nesse sentido.
Bjocas
Patty

Olga disse...

Infelizmente a nossa natureza está a chorar, a gritar, a revoltar-se e ninguém a ouve. Só a culpam da destruição provocada aqui e ali, das pessoas que ficaram sem nada, e ninguém faz absolutamente nada para a ajudar. Se todos fizessemos um pouco isso iria significar muito. Beijinhos. Achei esta publicação fantástica. Vamos trabalhar todos juntos...

Helga disse...

Patty, é assim que deve ser. Pena que nem todos tenham essa consciência. Como disse a Tulipa, e muito bem, se todos fizéssemos a nossa parte, o mundo seria com toda a certeza um lugar melhor.
Beijinhos :)

Olga, tens razão! É preciso unir esforços e agir depressa. Os sinais do estado de saúde do planeta são cada vez mais evidentes.
Beijinhos :)

Diário de Lisboa disse...

Campanha fabulosa.Infelizmente é como diz, nunca mais acordamos e quando acordarmos talvez seja tarde de mais.
Parabéns pelo excelente blogue.

MZ disse...

Nem todos os que governam o mundo, nem a maior parte do ser humano, ainda...
Eu, reciclagem já faço. Mas ainda não é o suficiente, reconheço.

Bom fim-de-semana
bjinhos

Helga disse...

Caro Diário, muito obrigada! E sim, é preciso acordar de vez para este problema. Será que vamos conseguir?
Um beijinho :)

MZ, eu também faço e tal como tu também reconheço que não é suficiente, mas enquanto cidadão comum, pouco mais posso fazer. Há que intervir à escala mundial. À escala do poder de quem pode fazer alguma coisa. Mas infelizmente o poder económico ainda fala mais alto, que os sucessivos avisos da natureza e do seu grito de ajuda.
Beijinhos :)

Brown Eyes disse...

Pena que o homem a pouco e pouco vá destruindo o seu lar, não é? Este planeta é o nosso lar e não há melhor terapia do que aquela que a natureza nos proporciona. Experimentem um passeio pela natureza quando estiverem tensos e verão como estão quando acabarem o passeio. Eu deixo tudo por esse passeio. Espero que o homem tome consciência do que faz. Beijinhos

Helga disse...

Brown Eyes, creio que a tua sugestão diz tudo. Não deve haver ninguém que não se sinta em paz com a natureza. Porquê estragá-la? Não percebo... e tenho receio que o percebamos tarde demais.

Beijinhos :)